terça-feira, 16 de julho de 2013

Número 6

É o número do diabo (Dn 3:1, Ap 13:18). É também o número de homem caído em rebelião contra Deus e unido com o diabo. Seis é o número do homem criado vivendo sem Deus no mundo.
O homem foi criado no sexto dia.
Pode trabalhar sei dias por semana (Ex 23:12).
O número do anticristo é 666. Três vezes seis. Lembra-se que o três significa completude, portanto 666 simboliza o homem em demasia tentando ser Deus. é o ápice do humanismo e da sua independência de Deus.
No Velho Testamento, um escravo só podia ser escravo por seis anos; no sétimo, ele tinha que sair livre.
Segundo a cronologia bíblica, a história do homem na Terra tem seis mil anos de Adão até hoje. Entendemos que o sétimo será o milênio.
O Sexto selo fala da ira do Cordeiro sobre a humanidade.
Golias tinha seis dedos nas mãos, e nos pés e seis côvados de altura. Tudo em Golias era seis, porque fala do homem como inimigo de Deus (1Sm 17:4-7).
Também as dimensões da estátua de Nabucodonosor eram 60 por 6, mostrando que é um tipo de anticristo (Dn 3:1-3).
O anticristo se levantará contra tudo que se chama Deus. Ele é a consumação de Babel. É o homem vivendo independente de Deus, dizendo: não precisamos de ti, não queremos nos sujeitar a ninguém, nem adorar a ninguém, não queremos nos dobrar diante de ninguém. O anticristo é o ápice do humanismo. Cada vez mais ouvimos a mensagem de que o homem é o centro, de que o homem é capaz de tudo, de que ele, homem é o seu próprio deus.

(Retirado do Livro "Apocalipse sem Mistério", autor Pr. Aluízio A. Silva)

A Graça e a Paz do Senhor Jesus.