sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Redes Sociais

Nos últimos dias tenho percebido que as notícias na Internet estão cada vez mais fúteis. Infelizmente as pessoas banalizaram até os noticiários  da TV com as notícias que são destaque nas redes sociais. Percebemos com isso que estamos nos alimentando de porcarias. Muita porcaria!

Nossos jovens, adolescentes e crianças estão se alimentando de coisas que não vão agregar nada em seu ensino, seu conhecimento. Podemos perceber issos claramente em sua escrita e em seu assuntos. O nosso português é brutalmente assassinado por eles. Eles vão para a escola para comentarem sobre o que foi e o que deixou de ser postado nas redes sociais. Sem contar que ficam conectados o dia todo pelo celular. E os pais aceitam isso com naturalidade, acham isso normal, pois preferem seus filhos em casa na internet do que na rua com outras pessoas. O vício se torna um distúrbio e depois os pais não sabem onde erraram. Nosso jovens não leêm livros. Desconhecem totalmente os nossos escritores. Vivemos no século menos cultural até hoje e isso é muito triste.

Há todo o tipo de assunto na mídia, coisas realmente fúteis e desagradáveis. Não há mais diálogos adequados entre os nossos jovens, não há mais respeito. Se você não comenta, se você não concorda, você é careta, é o chato e muitas vezes excluido da turma.  O legal, o interessante, o que chama atenção não é o que você posta de construtivo, de correto. É o que te faz rir, o que denigre o outro, é o que expõe o outro, é a crítica desconstrutiva. Tudo o que vai afetar alguém ou promover você é o que importa nas redes sociais.

Com isso há todo o tipo de distúrbio e no final é necessário levar essas pessoas (jovens) para tratamentos com psicanalistas. Infelizmente estamos no fim do mundo. A era da globalização, era digital está acelerando o conhecimento das pessoas. Tanto para apresentarmos a Jesus quanto para se satisfazerem com os prazeres que o diabo oferece.

E o mais triste é ver pessoas que se dizem "crentes" aderindo a esse tipo de vício e blasfemando contra o Espírito Santo. E as frases mais utilizadas são: "Isso é normal." "Nada haver." "Apenas uma brincadeira." "Deus conhece o meu coração." Ele conhece mesmo, mas infelizmente Ele desaprova as atitudes. E o diabo está aplaudindo as atitudes das pessoas, oferecendo pratos fartos para a depreciação da educação, da família, da igreja, dos bons costumes.

A bíblia diz em Oséias que "Pecais por não conhecer a verdade", mas também alerta em Hebreus "Triste coisa é cair nas mãos do Deus Vivo". As pessoas banalizam as Escrituras. Usam versículos, palavras da bíblia para banalizar. Outro dia ouvi de um colega de trabalho sobre disciplinar (bater) nos filhos e quando citei o versículo de Provérbios 13:24 que fala sobre a vara da disciplina ele se escandalizou e disse que a bíblia foi escrita por homens há milhões de anos atrás e não se aplica ao mundo de hoje. Daí parei para analisar e realmente não se aplica aos dias de hoje, pois este mundo está nas mãos de satanás e o que ele quer é que o homem não tenha conhecimento da Verdade que é Jesus Cristo.

Precisamos orar, orar... e jejuar por esta nação para não entregarmos estas vidas nas mãos do diabo pela eternidade. Precisamos saquear o infeno.

MARANATA!

A Graça e a Paz do Senhor Jesus!