segunda-feira, 23 de junho de 2014

Concordando com Deus

"Andarão dois juntos, se não tiverem de acordo?" (Amós 3:3)
"Andou Enoque com Deus" (Gênesis 5:24)

1. Muitas pessoas desejam andar com Deus. Mas como podemos verdadeiramente andar com Deus, se não tivermos de acordo com ele? Estar de acordo com Deus é dizer as mesmas coisas que ele diz em sua palavra sobre salvação, cura, resposta e orações e tudo o mais que ele nos diz. Precisamos entender que Deus não pode mentir e, como ele não pode mentir, tudo o que ele nos diz deve ser verdade, portanto, deveria ser fácil para nós concordar com ele. Segundo a Bíblia, concordar com Deus significa "ter fé".
"Pela fé Enoque foi transladado, para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o transladara. Pois antes da sua trasladação, alcançou testemunho de que agradava a Deus. Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:5-6)

2. Devemos concordar com Deus que somos o que Deus diz que somos: seus filhos gerados no céu, novas criaturas em Cristo, mais do que vencedores em Cristo. Devemos discordar do diabo, que tenta nos convencer de que somos "maus", "fracassados", covardes", "maus cristãos". Devemos concordar com Deus e discordar do diabo para podermos andar com Deus.

3. Devemos concordar com Deus que temos o que ele diz que temos: seu nome, sua natureza, seu poder, sua autoridade, seu amor. Por intermédio da palavra dele, já possuímos essas coisas - mas devemos tomar posse delas por meio de palavras emitidas. Nós possuímos aquilo que confessamos. Tal como Josué e Calebe, somos donos por direito do que Deus já nos deu em sua palavra - mas devemos tomar posse da "terra prometida" pela fé.

4. Enoque andou com Deus - e nós também andamos, ao concordar que Deus nos deu a capacidade de fazer o que ele diz que podemos fazer: testemunhar com poder, expulsar demônios, impor as mãos sobre os enfermos e curá-los. "Posso todas as coisas naquele que me fortalece.".

5. Se falarmos só aquilo que nossos sentidos ditarem, ou o que o médico (ou o contador, o cientista, seja lá quem for) nos disser, então não estaremos de acordo com Deus. É ao falar "apenas a palavra" que concordamos com Deus. é uma "boa confissão" de fé que produz a nossa vitória.

6. Para andarmos com Deus precisamos discordar do Diabo. Jesus discordou dele ao declarar, com ousadia "está escrito" quando foi tentado no deserto. (Veja Mateus 4 e Lucas 4). Nós também devemos resistir ao diabo com a palavra.

7. Devemos andar dia a dia com Deus concordando com ele e com sua palavra. Porque "ele mesmo disse... com confiança, ousemos dizer [...]" (Hebreus 13:5,6).

(Retirado do livro Há poder em suas palavras, autor Don Gossett)

A Graça e a Paz do Senhor Jesus.