quarta-feira, 3 de junho de 2015

Sede de Deus

Leia Salmos 63: 1-11 e reflita.

"Ó Deus, tu és o meu Deus, eu te busco intensamente; a minha alma tem sede de ti! Todo o meu ser anseia por ti, numa terra seca, exausta e sem água." (vs. 1).

Se você estivesse perdido no deserto sem nada para comer ou beber, buscaria alimento e água onde quer que pudesse encontrá-los, independentemente das condições em que os encontrasse. Não se importaria com as impurezas da água ou quão desagradável seu gosto pudesse ser porque desejaria sobreviver. Deus, porém, tem muito mais para você que apenas a sobrevivência.

Do que você te fome e sede no momento? Será que deseja mais do Senhor?

Quando ansiou por Deus, o rei Davi disse: "Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus?" (Sl 42:.1-2). Ele queria o Senhor mais que tudo. A presença de Deus era alimento e água para ele.

Você já teve essa sede de Deus? Às vezes não a experimentamos profundamente até saber o que significa peregrinar no deserto de nossos desejos. Agarramos o que o mundo tem a oferecer apenas para descobrir que isso nos deixa vazios.

Jesus disse certa vez: "se alguém tem sede venha a mim e beba. Quer crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva" (Jo 7:37-38). Jesus citava um convite feito no Antigo Testamento, em Isaías, no qual o profeta registrou estas palavras: "Venham, todos vocês que estão com sede, venham às águas" (Is 55:1). Quando saciarmos a sede espiritual no Senhor, seu Espírito fluirá através de nós, e rios de água viva correrão de nós.

Beba profundamente de tudo o que Deus tem para você em Sua Palavra, em sua presença e em sua oração e louvor, e jamais terá sede novamente.


A Graça e a Paz do Senhor Jesus.