sexta-feira, 10 de julho de 2015

Desejando a Vontade de Deus

Leia Mateus 26:36-46 e Reflita.

"Indo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: 'Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres'" (vs. 39).

É importante orar pedindo que a vontade de Deus seja feita em nossa vida; mas como alinhar nossos desejos e nossa vontade com o que Deus quer? Como aprender a desejar o plano de Deus para nós mais do que desejamos o nosso?

A oração ardente de Jesus no jardim do Getsêmani é o melhor modelo de absoluta sinceridade e total submissão. Ele sabia que seria preso, torturado e morto como parte do plano redentor de Deus para o mundo. O "cálice" que estava prestes a beber era o da ira divina pelos pecados da humanidade, e ele receberia sobre si o castigo. Jesus previu o sofrimento físico e a agonia emocional da separação do Pai, por isso pediu que Deus o livrasse do cálice do sofrimento. A intensidade dessa oração nos fornece um vislumbre da humanidade de Jesus. Ele não teria agonizado até esse ponto se o castigo não fosse penoso.

Você e eu enfrentamos circunstâncias difíceis. Olhamos para a frente e sentimos Deus dizer: "Fique nesse casamento problemático, ame esse filho rebelde, seja bondoso com esse chefe agressivo". A exemplo de Jesus, podemos pedir a Deus que nos livre do cálice de sofrimento. Mas, como Jesus, temos também de dizer: "Não seja como eu quero, mas sim com tu queres." O caminho fácil pode não ser o melhor caminho. O caminho fácil normalmente não é o caminho de Deus para você. 

Deus quer que oremos sobre tudo, mas seu desejo é que oremos conforme a vontade dele. Por isso é importante pedir a Deus que nos revele sua perfeita vontade e nos ajude a orar de acordo com ela.


A Graça e a Paz do Senhor Jesus.