segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Promessa de Coragem - Salmo 23


“O Senhor é meu pastor;... ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum”

Promessa de coragem

O próprio Senhor Jesus nos disse que teríamos aflições neste mundo. Eu poderia escrever palavras de ilusão, “profetizando” que neste ano de 2009 não teremos vales em nossas vidas, mas não posso fazer isso. É claro que há vales mais profundos do que outros, vales mais difíceis de atravessar do que outros, mas sejam pequenos ou grandes, temos a certeza de que enquanto estivermos neste mundo atravessaremos vales em nossa vida.

A promessa que, como ovelhas, recebemos do Sumo Pastor, Jesus, é de que não precisamos ter medo quando estivermos atravessando um vale difícil. O Salmista diz que não temerá. Não apenas no Salmo 23, mas em tantos outros, como no Salmo 27, Davi escreveu sobre esta falta de temor, ausência de medo nas situações adversas. Ele descreve a coragem, a segurança, a paz, que enchem o coração de todos aqueles que conhecem e confiam em Deus.

Que seu coração seja cheio da paz que excede todo entendimento, ou seja, mesmo em meio a lutas, que você seja forte e corajoso, reconhecendo que esta força só pode estar vindo do Alto. Quando o “natural” diz pra você se acovardar, se amedrontar, se deprimir, que a coragem para enfrentar os desafios e atravessar os vales brote do mais interior do seu ser, pois maior é Aquele que está em sua vida, Cristo.

(Ana Paula Valadão Bessa)

A Graça e a Paz do Senhor Jesus.