segunda-feira, 31 de agosto de 2015

O Que Fazer Quando Lhe Faltam Forças

Uma das coisas mais maravilhosas a respeito de Deus é que ele compartilha de sua pessoa conosco. Ele nos dá uma porção de tudo o que é. Chega até a compartilhar seu poder e nos dá meio de fazer e de ser o eu não poderíamos "por conta própria". Quem mais faria isso senão ele? E o Senhor age assim porque nos ama.

Deus nos ama o suficiente para nos proteger com sua força. Para ser forte onde somos mais fracos. "Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças [...]; correm e não ficam exaustos" (Is 40: 29-31). Por causa de Deus, você nunca precisa sentir-se impotente, não importa o que esteja acontecendo em sua vida.

No que se refere ao poder divino, temos que esperar em Deus para obtê-lo. Não o ligamos como faríamos com um simples botão. Não o controlamos. É ele quem controla. O poder é de Deus, e ele concede segundo sua vontade. Deus quer que esperamos nele, mas o problema é que não gostamos de esperar. Queremos o que queremos quando queremos. O que significa esperar, afinal? O que precisamente a atitude de esperar requer de nós?

Esperar não significa ficar ociosa. Não é como esperar um ônibus ou um taxi. Não ficamos tamborilando os dedos e olhando para o relógio. Ainda que ao buscar a Deus em oração estejamos em desespero, a espera no Senhor tranquiliza-nos a alma. Descobrimos paz em meio ao conflito.

A espera no Senhor deve ser feita em louvor e adoração. Significa concentrar-se e meditar sobre a grandeza de Deus, louva-lo por ser quem é e por tudo o que ele fez. É achegar-se a Deus e dizer-lhe o quanto nós o reverenciamos. É louva-lo por ser nosso Senhor todo poderoso. É assim que podemos correr sem nos cansar. Enquanto o fizermos, ele nos levantará.

Para compreender o poder de Deus é preciso passar tempo com sua Palavra, orar para recebe-lo. É viver em obediência. É louva-lo e adora-lo, a fim de abrir os caminhos através dos quais seu poder fluirá até nós.

Peça a Deus que lhe mostre "qual a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força. Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais, muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir" (Ef 1:19-21).

Não lhe parece o tipo de poder sem o qual não podemos viver?

Jesus não ressuscitou dentre os mortos apenas para que pudéssemos ter uma vida agradável e feliz. Ele ressuscitou para salvar-nos da morte e do inferno, para que nossa vida tivesse poder e propósito. Esse mesmo poder que abriu o mar vermelho, abriu os olhos dos cegos, destruiu a morte e criou o céu e a terra pode transformar sua vida e a de outros a sua volta. Nenhuma de nós quer viver sem poder. Deus também não quer que vivamos assim. Ele deseja capacitar-nos para nos dar a vida que tem para nós.

(Retirado da Bíblia da Mulher que Ora da autora Stormie Omartian)

A Graça e a Paz do Senhor Jesus.