segunda-feira, 23 de maio de 2016

A Raiz da Vergonha e Culpa

Continuando com o Tema As Raízes do Engano...

Basicamente a vergonha é a consciência da culpa. E o que a produz? Muitos pensam que é o pecado; mas, na verdade é a lei. Antes da lei o pecado estava no mundo, mas o homem não tinha consciência do pecado, porque não havia lei. A lei, então, foi dada para revelar o pecado que já estava lá.
A lei á a base da tentação e depois e tornam a base da vergonha e da culpa. Se o diabo tenta destruir o homem,  por que ele não tentou Eva a matar Adão? Simplesmente porque a única lei era não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Quando Adão e Eva foram criados,  a Palavra de Deus diz que eles estavam  nus e não se envergonhavam, eles estavam  revestidos da glória de Deus. Essa glória e o que lhes permitia  dominar sobre toda a criação.  Mas, no momento em que pecaram, eles foram destituídos da glória de Deus (Rm 3.23).

Depois que pecaram, o Senhor veio ter com eles e lhes perguntou: "Adão onde esta você?" O interessante que a primeira pergunta do Velho Testamento e: "Onde esta o homem?", mas a primeira pergunta do Novo Testamento e: "Onde esta o rei?" (Mt 2.2). E assim  porque, quando você descobre onde esta Cristo, você entende onde você esta (Gn 3.9-10). Genesis 3.10 nos conta como o medo entrou neste mundo.  0 homem  não foi criado para viver com  medo. Hoje, as pessoas tem medo de muitas coisas, mas a origem de todos os medos e o medo da morte.

Adão disse que teve medo porque percebeu que estava nu. Ele se sentiu envergonhado. Esta é a origem do medo. Adão ficou consciente do pecado e o resultado e a vergonha. Tudo começa com a consciência de culpa. Deus havia dito a Adão que, se ele comesse do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, morreria. Ele tinha acabado de comer e não tinha morrido pelo menos não fisicamente. Então, certamente ele concluiu  que Deus o mataria. Esta é a origem de todo medo. A base do medo é o  pensamento de que não somos amados, de que precisamos primeiro mudar, ser melhores, para só depois ter o amor de Deus.

Consciência de pecado e vergonha são coisas sinônimas, mas o Senhor diz que, no lugar da vergonha, haverá dupla honra (Is 61.7).

(Palavra ministrada no dia 14/05/16, pelo Pr. Aluízio Silva - Igreja Videira)

A Graça e a Paz do Senhor Jesus.